Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]



III Como fingir um sorriso

Domingo, 05.08.12

Não sei se é a melhor altura, mas tenho uma confissão a fazer: sou um grande apreciador de sorrisos. Incho perante eles.

Não sei que vos diga. Não me vou justificar nem tenho como negar.

A verdade é que um sorriso me deixa embasbacado. Quando vejo um triste fico triste. Com um alegre fico, automaticamente, bem-disposto. Porquê?

Talvez seja a sua personalidade: tímido, depravado, inocente, corajoso.

Devido à diversidade: esfíngicos, de boca cheia, sardónicos, honestos e sinceros, histéricos, radiosos, grandes e expansivos, cínicos, de Mona Lisa ou Joker, escárnio ou desdém.

A origem, também, não me é indiferente: medo, consolo, contentamento, excitação... Ou, simplesmente, porque nos leva a... Francamente, quase tudo!

   Um sorriso certo no lugar e altura certas faz estragos. É uma coisa séria. Até porque para baralhar, há quem tenha olhos que riem e um ar engraçado que nos desconcerta.

   Se os olhos são o espelho da alma, um sorriso é uma etiqueta elucidativa apensa.

Há até quem garanta que quando for a altura de ir de vez, a melhor maneira de acabar é com um sorriso (definitivo).

   Um sorriso diz muito de nós e deixa perceber muito dos outros. São importantes migalhas que vão ficando nesse grande labirinto que é darmos com aquilo que somos.

Devia ser candidato a uma condecoração especial por elevados serviços prestados.

   Há qualquer coisa no sorriso que impressiona, desarma, alegra, conquista. Um sorriso vence sempre! Devia ter prioridade sobre tudo o resto.

É a melhor forma de enfrentar, reagir e levar as coisas.

  

Em relação ao sorriso sou, claramente, shakespeariano:


É mais fácil obter o que se deseja com um sorriso do que com a ponta da espada.


   O verdadeiro sorriso embora se estampe no rosto, vem de dentro.

Alguns não são fáceis, mas todos envolvem músculos, lábios, inflexões e volições, embora essa não seja a melhor maneira de os apresentar.

   Sorrir é aceitar que tudo tem defeitos, mas também é uma óptima maneira de quebrar o gelo.

   Cada um de nós tem o seu sorriso preferido: de orelha a orelha, como quem não quer a coisa, os que vão às lágrimas... 

Não sei se vem a propósito, mas para mim é diferente do riso.

   E o título? Bem, um sorriso forçado cheira a esturro. Denuncia-se. É um engano. Diz uma coisa mas pensa noutra. É um "não", fazendo-se passar por "sim". Não tem interesse. E não falo das vezes em que se sorri por fora enquanto se chora por dentro, mas dos outros, dos que ludibriam.

Esse tipo de "sorriso" tem a cabeça noutro lado e faz das tripas coração para conseguir passar por um verdadeiro. É falso. É contrafacção genuína. Não se pode confiar nele.

   É por isso que tenho a certeza que é, praticamente, impossível fingir um sorriso. Pelo menos de uma forma 100% convincente.

Fingir um sorriso é um gostar sem gostar a precisar, urgentemente, de extrema-unção. É um pecado. Exige uns alinhavos de Know-how potenciador de logro, inacessíveis ao comum dos mortais. Poucos o conseguem. Autênticos deuses do sorriso amarelo.

É-se apanhado. Só se deixa enganar quem quiser! 

Mas é preciso andar de olho. Embora se devam evitar extrapolações forçadas.

   Em relação ao sorriso, podem até não concordar mas, apesar da concorrência,  garanto-vos que para minha grande felicidade tenho a sorte de viver com o mais belo de todos. Não desanimem!


Autoria e outros dados (tags, etc)

tags:

publicado por Máquina-da-Preguiça às 21:42









arquivos

  1. 2013
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2012
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D





pesquisar

Pesquisar no Blog  





comentários recentes

  • numadeletra

    Dramas balneares :-)

  • Maria

    Que delícia!!!

  • Sandra

    :) Se descobrires como se treina esse optimismo , ...

  • LWillow

    Dietas 'é uma coisa que não me assiste' e assim s...

  • LWillow

    http://www.youtube.com/watch?v=BV-dOF7yFTw

  • LWillow

    ehehehe! 'tamos nessa' 'brother' ! Mais um bom tex...

  • LWillow

    Thanks ! this reading was a pleasure !

  • Anónimo

    Aperta faneca! Vamos a Estocolmo sacar o guito! Su...

  • Lwillow

    Ora aqui está mais uma 'pérola para porcos' ! O mo...

  • LWillow

    Como eu te percebo ! Mas ... 'não há volta a dar-l...


REDES SOCIAIS