Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]



III Filhos de boa gente

Sexta-feira, 22.02.13

Contribuintes pedem faturas em nome de Passos Coelho e Vítor Gaspar

Como forma de resposta à obrigatoriedade de pedir fatura, penalizando com multas quem não o fizer, há quem esteja a dar o número de contribuinte de Passos Coelho, Vítor Gaspar e até Miguel Relvas. Os dados estão a circular nas redes sociais. Ler mais

 

A quente pode pegar-se pela eterna questão dos meios e dos fins e quais justificam o quê mas, mais uma vez, fica provado que a vingança tem muito de canapés de camarão, de ceviche à moda de Sinaloa ou salpicão de frango com maçã. Serve-se fria.

     O português deixa arrefecer e depois vinga-se. É que deixar esfriar, ao contrário do que alguns pensam, não é, no entanto, o mesmo que deixar passar em claro.

     O português parece que não dá conta, mas aguenta-se discretamente, reagrupa, organiza-se, vai à volta ou procura outro caminho e chega lá.

Lambe as feridas, desvia a atenção do prato principal, mas entretém-se com uma salada de frango mexicana até atacar as iguarias.

     Em vésperas de ajuste de contas, o português continua com o que estava a fazer, mas não se esquece. Protela, mas fica-lhe atravessado. Lança manguitos, reivindica e contra-ataca.

    O português não se faz de vítima, não se dá ares de mártir, nem oferece a outra face, antes tem ganas de "Quem mas faz paga-mas!" e de "Não perdes pela demora!".

     O português pode ser brando nos costumes, mas vai aos arames como toda a gente. Não tem arcaboiço para injustiças, não dá tréguas a traições e atira-se aos gasganetes de avestruzes  com a cabeça enterrada na areia.

Não vai em conversas e muito menos admite que lhe mexam nos bolsos. 

Como qualquer bom entendedor, não precisa de muitas explicações, improvisa e meia palavra basta-lhe. 

     O português sente-se mal representado e anda farto de ser sempre o mesmo a pagar a conta. Até porque, como se costuma dizer: "Quem não se sente não é filho de boa gente".

     Pelo sim, pelo não, vamos lá a ver se, pelo menos, começamos a dividir a factura.

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado por Máquina-da-Preguiça às 18:42









arquivos

  1. 2013
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2012
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D





pesquisar

Pesquisar no Blog  





comentários recentes

  • numadeletra

    Dramas balneares :-)

  • Maria

    Que delícia!!!

  • Sandra

    :) Se descobrires como se treina esse optimismo , ...

  • LWillow

    Dietas 'é uma coisa que não me assiste' e assim s...

  • LWillow

    http://www.youtube.com/watch?v=BV-dOF7yFTw

  • LWillow

    ehehehe! 'tamos nessa' 'brother' ! Mais um bom tex...

  • LWillow

    Thanks ! this reading was a pleasure !

  • Anónimo

    Aperta faneca! Vamos a Estocolmo sacar o guito! Su...

  • Lwillow

    Ora aqui está mais uma 'pérola para porcos' ! O mo...

  • LWillow

    Como eu te percebo ! Mas ... 'não há volta a dar-l...


REDES SOCIAIS