Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]



III Sobrevivência só no Discovery Channel

Segunda-feira, 25.03.13

There is little faith involved in setting out on a journey where the destination is certain and every step in between has been mapped in detail. Bravery, trust, is about leaving camp in the dark, when we do not know the route ahead and cannot be certain we will ever return.

Bear Grylls, A Survival Guide for Life


Em relação ao desenrolar da lei do mais forte, fico nos bastidores.  Adapto-me, mas de forma contida e discreta. Evoluo timidamente. A minha capacidade de sobrevivência fica-se pelo teste à tolerância à lactose e pelas séries televisivas.

  Desenvencilho-me bem em ambiente controlado. Pior sem aspiração central, mas com desempenho superior ao que teria se tivesse de enfrentar cordilheiras ou abismos. Não sinto o chamamento da mata. Fico-me pela temperatura amena amavelmente proporcionada pela General Motors com ecossistema desinfestado de pragas e a milhares de quilómetros de distância da selva ou tundra mais próxima. Depois de descontados os bisontes, o cheiro à terra  molhada de um vaso na varanda é idêntico ao das grandes pradarias.

  A minha luta contra a humidade está desumidificada. Pluviosidade anormal, erupções, enxurradas e ser comido por leões esfomeados constam dos meus cuidados a ter com uma sinusite crónica.  Malária, anacondas, jacarés, piranhas e tarântulas não me assustam graças à empresa que coordena o condomínio. E deposito, confiante, o meu bem-estar nas lentes e no zoom das câmaras de vigilância.

  A minha virilidade não fica afectada só porque caminho descalço sobre parquet confortável e não sob areias movediças ameaçadoras. Quem precisa de ser aventureiro, passar por privações e ser mordido por mosquitos quando tem o Discovery Channel?

  Saber-se longe dos Alpes e das florestas da Costa Rica deixa tranquila qualquer pele a precisar de cuidados especiais.

  Conheço bem o meu norte e a minha auto-estima não fica comprometida porque não tenho a circular no meu sistema um cocktail de vacinas com consistência de  Mojito e coloração de Bloody Mary

  As minhas ameaças naturais residem nos clássicos sertanejos que o meu vizinho aprecia de janela aberta para quem quiser ouvir e no rosa United Colors of Benetton  chinesa com que a sua mulher gosta de aparecer à varanda como se convertesse infiéis. Acrescento um dingo alentejano cujo território preferencial é formado pelo calcário do passeio, mas esse é habitualmente avistado a jusante, na Travessa 1º de Maio, pelo que os meus predadores mais próximos são nota a nota o forró e um robe com as cores do Hades.

  A par da minha grande luta com o mau gosto,  a minha grande dúvida não é como nos programas dedicados ao tema se serei capaz de fazer fogo, defender-me dos animais, construir o meu próprio abrigo ou arranjar a minha comida mas se precisarei de tanta baunilha?

Os meus problemas não são com a desidratação, picadas de insectos ou sanguessugas dando-me caça à hemoglobina mas se prefiro dumplings  ou crepes. 

A minha epopeia desenrola-se entre o sofá da sala e o frigorífico e o contacto com a civilização é mantido via SMS e email. Quando a quero evitar não preciso de ir até ao fim do mundo, desligo o telemóvel.

   A minha segurança depende de Jorge Luís Borges em volumes bastos, riffs indie agradáveis, compactos do Dexter e compotas de frutos silvestres. Eles garantem a minha sobrevivência. Isso mais a rede wireless  a funcionar em condições e sinto-me  a salvo do calor escaldante do deserto de Jalapão e da perigosa vastidão da Patagónia.

Mas tenho consciência de que escapo à justa.

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado por Máquina-da-Preguiça às 15:16









arquivos

  1. 2013
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2012
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D





pesquisar

Pesquisar no Blog  





comentários recentes

  • numadeletra

    Dramas balneares :-)

  • Maria

    Que delícia!!!

  • Sandra

    :) Se descobrires como se treina esse optimismo , ...

  • LWillow

    Dietas 'é uma coisa que não me assiste' e assim s...

  • LWillow

    http://www.youtube.com/watch?v=BV-dOF7yFTw

  • LWillow

    ehehehe! 'tamos nessa' 'brother' ! Mais um bom tex...

  • LWillow

    Thanks ! this reading was a pleasure !

  • Anónimo

    Aperta faneca! Vamos a Estocolmo sacar o guito! Su...

  • Lwillow

    Ora aqui está mais uma 'pérola para porcos' ! O mo...

  • LWillow

    Como eu te percebo ! Mas ... 'não há volta a dar-l...


REDES SOCIAIS