Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]



III Dieta a ti dieta a mim

Quarta-feira, 01.05.13

Em relação a dietas cada um sabe de si, mas sou peixe que morre pela boca. Fico a achar que se fossem boas não haviam de estar guardadas para mim e que há quem precise mais do que eu, mas desses ninguém fala.

No que me diz respeito, acreditem que não sou de fiar.  Não é modéstia!

Não me reconheço com vocação e tremo só de pensar nelas. Faço de conta e apresento-me como desentendido.

Por via das coisas, para não haver desilusões, não garanto, nem tenho palavra e roo, facilmente, a corda. 

Sou, claramente, galinha que prefere perder o papo.

Embarco num fingimento sem limites, suo fininho e digo e desdigo com a mesma facilidade de quem esfrega um olho. 

Sou delator, um canalha da pior espécie. Certos dias um cego dos que não quer ver. 

Vendo o meu país e maldigo o meu clube de futebol só para ganhar tempo.

  Dietas são um peditório para que não dou, minto e digo, descaradamente: "Já falei com o seu colega!".

Sou mais de pedir: "hidratos de carbono, por mor de quem padece de ânsias de apetite, por favor!" 

Ou:  "Glícidos, dai-me glícidos que desfaleço!"

  Não tenho moral para falar de dietas. Ou tenho, mas com pés de barro, estilhaçando-se a cada dentada num queijo de cabra tentador.

  Em relação a dietas, sou óptimo a adiá-las, a ver-lhes mérito para os outros, a reconhecer-lhes a importância, mas não obrigado.

   Uma dieta não tem escrúpulos, obriga-nos a abdicar, a não ceder, a substituir, a repensar.

Dá-nos prioridades e obriga-nos a fazer escolhas.

Exige fibra, persistência, força de vontade. Não prescinde de dedicação. Tudo características que possuo, mas não num contexto de restaurante ou cantina.

   Se uma dieta é uma viagem para a perfeição, o meu percurso é feito de atalhos, paragens, constantes, em áreas de serviço para abastecer e saio antes da última paragem.  

Talvez, porque em relação a dietas não há pressas. O melhor é ficar para a manhã e só se vier em travessa e incluir guarnição.

Em relação a dietas, sou um cobarde e não saio das trincheiras para não me dar à guerra.

  Tenho muitas dúvidas e se for para mim digam que não estou. 

Aliás, em relação a dietas, podem ficar com o meu lugar na fila e é melhor mudarmos de assunto.

Fica para outro dia!

Não me vá cair na fraqueza.

Autoria e outros dados (tags, etc)

tags:

publicado por Máquina-da-Preguiça às 11:00


1 comentário

De LWillow a 01.05.2013 às 14:48

Dietas 'é uma coisa que não me assiste' e assim será 'till the end of my days' ! A única 'dieta' que até hoje fiz foi nos cigarros e mesmo assim estou a escrever isto com um a arder no cinzeiro ! ;)

Comentar post









arquivos

  1. 2013
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2012
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D





pesquisar

Pesquisar no Blog  





comentários recentes

  • numadeletra

    Dramas balneares :-)

  • Maria

    Que delícia!!!

  • Sandra

    :) Se descobrires como se treina esse optimismo , ...

  • LWillow

    Dietas 'é uma coisa que não me assiste' e assim s...

  • LWillow

    http://www.youtube.com/watch?v=BV-dOF7yFTw

  • LWillow

    ehehehe! 'tamos nessa' 'brother' ! Mais um bom tex...

  • LWillow

    Thanks ! this reading was a pleasure !

  • Anónimo

    Aperta faneca! Vamos a Estocolmo sacar o guito! Su...

  • Lwillow

    Ora aqui está mais uma 'pérola para porcos' ! O mo...

  • LWillow

    Como eu te percebo ! Mas ... 'não há volta a dar-l...


REDES SOCIAIS