Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]



III Sentir-se em casa

Sexta-feira, 03.08.12

Para os lá de casa

 

A nossa casa pode estar ao virar da esquina, a segundos de distância ou ser inacessível.

   Sentirmo-nos em casa é não fazer cerimónia.

É não querer trocar por nada.

É valer sempre a pena.

É estar disponível para abdicar do melhor lugar no sofá. De ver o episódio da série preferida, o programa que não repete, a reposição que não voltará a acontecer.

Andar à vontade. Deixar-se de pose, mas com ar de quem veste milhares. Apesar de roupão e chinelos bastarem.

Contentarmo-nos com pouco e de cara alegre.  Se for caso disso, o básico dá, perfeitamente, para as necessidades.

Esconder o comando até à próxima utilização, porque já se sabe o que a casa gasta.

Ficar sem o último copo de sumo e isso não ter importância.

Saber os sítios das coisas.

É ter de esperar pela nossa vez. Resignarmo-nos com a ideia de que mesmo que existissem trinta casas de banho todas estariam ocupadas. 

Perceber que alguém vai usar o nosso shampoo.

E a água quente (risos)...

Chegar à praia e verificar que não há toalhas para todos e oferecer a sua.

   Sentir-se em casa é toda a gente conhecer os nossos gostos e ninguém os levar a mal.

É ter lugar à mesa.

É não querer sair e ter pressa em voltar.

É não perceber o tempo a passar.

Ter saudades. Muitas. Sempre!

É perdoarem-nos o mau acordar.

É poder dizer que "não está grande coisa".

E ninguém substituir o papel higiénico que acabou.

É ouvir as críticas do costume e os comentários habituais, espantado como se fosse a primeira vez.

É querer defender.

É ter medo de perder.

Preocuparmo-nos com que tudo corra bem.

É estar disposto a...

Querer dar a vida por...

É cuxi cuxi.

Mimo.

É lambuzice.

Estimar.

Ceder.

Errar. E voltar a tentar.

E, acima de tudo, sentir não haver melhor sítio para se  estar.

  É por tudo isso que tenho a certeza que estou em casa.

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado por Carlos M. J. Alves às 22:25


1 comentário

De S.o.l. a 10.09.2012 às 17:51

É isso mesmo e tanto mais.
É muito bom sentirmo-nos em casa.

Comentar post





arquivos

  1. 2013
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2012
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D





pesquisar

Pesquisar no Blog  




comentários recentes

  • numadeletra

    Dramas balneares :-)

  • Maria

    Que delícia!!!

  • Sandra

    :) Se descobrires como se treina esse optimismo , ...

  • LWillow

    Dietas 'é uma coisa que não me assiste' e assim s...

  • LWillow

    http://www.youtube.com/watch?v=BV-dOF7yFTw

  • LWillow

    ehehehe! 'tamos nessa' 'brother' ! Mais um bom tex...

  • LWillow

    Thanks ! this reading was a pleasure !

  • Anónimo

    Aperta faneca! Vamos a Estocolmo sacar o guito! Su...

  • Lwillow

    Ora aqui está mais uma 'pérola para porcos' ! O mo...

  • LWillow

    Como eu te percebo ! Mas ... 'não há volta a dar-l...